Projeto de Cálculo Estrutural

Projeto de Cálculo Estrutural

PROJETO DE CÁLCULO ESTRUTURAL

  • O início de todo projeto de engenharia se dá por meio de cálculos. A construção de torres, por exemplo, deve ser feita mediante um projeto minucioso de cálculo estrutural, que atesta desde a dimensão exata da estrutura até sua montagem correta, garantindo a qualidade, a validade legal e a segurança estrutural.
  • Inúmeros fatores são considerados durante o cálculo estrutural, tais como dimensões, local a ser construído, material utilizado, peso próprio, fenômenos naturais, entre outros. Fatores que devem ser tratados conforme normas brasileiras, tais como a NBR-6118 (projeto de concreto armado), a NBR-8681 (ações e segurança nas estruturas) e NBR-8800 (estruturas de aço e mistas).
  • Nossos profissionais serão responsáveis pela elaboração dos respectivos cálculos observando as recomendações das normas técnicas vigentes evitando transtornos e multas que ultrapassam o valor de R$ 11 mil, em caso de inspeção realizada pela Administração Pública e pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

COMPARTILHAMENTO DE POSTES

A ATELCO Telecomunicações elabora o projeto de compartilhamento de postes, apresentando os procedimentos e condições técnicas necessárias para permitir a utilização dos postes das companhias de energia elétrica, evitando multas e o prejuízo dos serviços.

  • Empresas que oferecem somente um serviço de comunicação multimídia aos seus clientes podem aumentar sua lista de variedades e apresentar mais opções em sua rede. Contudo, para grande parte dos serviços é fundamental o lançamento de cabos nos postes das concessionárias de energia elétrica local.
  • Para que a empresa utilize o cabeamento em postes públicos é necessário que tenha a licença de utilização expedida pela concessionária, que é condicionada à apresentação de um projeto de compartilhamento de postes.
  • Dessa forma, o projeto deve ser elaborado obrigatoriamente por um engenheiro, trazendo informações técnicas da estrutura e obedecendo as normas técnicas da NBR e da concessionária de energia local, além de resoluções da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Precisa de ajuda?

Conte com os nossos consultores para tirar suas dúvidas. Preencha o formulário e aguarde nosso contato para esclarecimentos.